Goiânia, tera, 17 de outubro de 2017
20/09/17 1856 visualizações

José Eliton já custou R$ 5,8 milhões aos goianos este ano





Embora não gere qualquer tipo de receita para a administração estadual, o custo para manter o vice-governador José Eliton (PSDB) em sua função é um dos mais altos do País. Apenas este ano os gastos gerados na pasta já somam R$ 5.858 mil com perspectiva de chegar ao fim do ano acima de R$ 8 milhões se considerarmos o valor autorizado de gastos para este ano.

O custo elevado da vice-governadoria chamou a atenção da imprensa nacional. No primeiro semestre deste ano o jornal O Globo divulgou matéria em que mostra que ela é a mais cara do País, com gastos acima até mesmo da vice-presidência da República. Só de salário anual José Eliton recebe o equivalente a R$ 240 mil.

Além disso, são 119 funcionários à sua disposição, sendo 82 comissionados. O gasto com eles é elevado: R$ 634 mil por mês. Mas não fica apenas nisso. Em diárias de viagens para funcionários já foram gastos R$ 120 mil. Já em combustíveis foram somados gastos de R$ 89,3 mil, enquanto locação de meios de transporte consumiu R$ 114.405 mil.

Tanto gasto para que mesmo?

Mande pra gente, via Whatsapp, denúncias, textos, vídeos e fotos sobre a realidade do Estado de Goiás. Whatsapp do Goiás Real: (62) 8453 6115. Vamos preservar sua identidade, se for do seu interesse.

Outras notícias

+ veja mais notícias