Goiânia, sbado, 18 de novembro de 2017
17/10/17 700 visualizações

Vitti é a casa da segunda mãe de Marconi; Eliton, a mochila pesada





O goverandor Marconi Perillo (PSDB) sabe que a sua candidatura ao Senado empurra José Eliton (PSDB) para a potulação automática a sua sucessão. Isso porque o vice-goverandor assumirá o governo nestas condições, em abril de 2018. E se Marconi resolver bancar outro nome?

O plano Eliton não é, definitivamente, o sonho de Perillo. Sem carisma, discurso monocórdico, e ranzinza, o ex-democrata é uma mochila pesada que os marconistas precisam carregar. Inversamente, José Vitti é um candidato leve, que apesar da pesada missão de defender um desgastado "Tempo Novo", não pesa sobre os ombros os fracassos que Eliton coleciona, a exemplo de sua passagem pela Segurança Pública. 

Além disso, Vitti é unanimente melhor no trato, que goza da confiança irrestrita do governador. A segunda casa de mãe: com zero chance de virar um Cidinho 2.0, caso ganhe, é claro. O presidente da Assembleia Legislativa ainda goza de apoio todal dos parlamentares da base.

A favor de Eliton apenas o fato de que terá o poder da máquina, mas é preciso levar em conta que a caneta fica cada dia mais sem tinta. 

Mande pra gente, via Whatsapp, denúncias, textos, vídeos e fotos sobre a realidade do Estado de Goiás. Whatsapp do Goiás Real: (62) 8453 6115. Vamos preservar sua identidade, se for do seu interesse.

Outras notícias

+ veja mais notícias