Goiânia, sbado, 18 de novembro de 2017
12/11/17 1106 visualizações

Segurança em crise: semana teve fuga de presídio e novo cangaço





Mais uma semana que provou estar errada a propaganda do governo de Marconi Perillo e José Eliton, ambos do PSDB, de investimentos e melhorias nos índices de segurança pública. Na vida real, os goianos tiveram que conviver, mais uma vez, com a escalada do crime no Estado, fruto de uma política atrasada e que não valoriza os servidores da área.

A bandidagem continua a tomar conta dos presídios goianos. No de Catalão, por exemplo, mais uma vez os presos fizeram uma rebelião para protestar contra a superlotação e a falta de estrutura da cadeia. Já em Aparecida de Goiânia, a Colônia Agrícola, que recebe os presos do semiaberto, foi palco de uma fuga de Stephan de Souza Vieira, o BH, traficante perigoso e considerado o chefe do Comando Vermelho no Estado.

O despreparo do Estado na segurança pública é atestado pela fuga de Stephan, que não poderia ter sido transferido para o semiaberto, mas uma falha do Tribunal de Justiça possibilitou a transferência dele. Na Colônia Agrícola, ele ficou apenas três horas, conseguindo fugir para, provavelmente, não ser mais recapturado.

Triste também é notar que a população convive cada dia mais com a violência. Em Cristalina, mais uma agência bancária foi explodida pelo novo cangaço, grupos especializados em assaltos a caixas eletrônicos.

Em Aparecida de Goiânia, o dono de uma pizzaria, que saiu para entregar o pedido de um cliente, foi cruelmente assassinado por bandidos que tentaram roubar seu carro. O crime de latrocínio, roubo seguido de morte, é um dos que mais cresce no Brasil, com Goiás ocupando a nada honrosa segunda posição no ranking dessa modalidade de crime, perdendo apenas para o Pará.

Como se vê, o descaso e o desinteresse de Marconi e Eliton de resolver de verdade a segurança continuam a tirar vidas e deixar o cidadão refém dentro da própria casa.

Mande pra gente, via Whatsapp, denúncias, textos, vídeos e fotos sobre a realidade do Estado de Goiás. Whatsapp do Goiás Real: (62) 8453 6115. Vamos preservar sua identidade, se for do seu interesse.

Outras notícias

+ veja mais notícias