Goiânia, tera, 12 de dezembro de 2017
02/12/17 1055 visualizações

Marconi vai dar R$ 105,9 milhões para terceirizar Vapt Vupt





A pouco mais de 4 meses de entregar seu cargo para o vice José Eliton (PSDB), o governador Marconi Perillo (PSDB) continua com sua tarefa de entregar todo o serviço público nas mãos da iniciativa privada usando o cofre do Estado. Além de privatizar o Vapt Vupt ameaçando o emprego de milhares de servidores, o tucano enviou uma emenda ao Orçamento de 2018 para garantir mais R$ 105,9 milhões para a concessão do órgão.

A história beira o absurdo. O Vapt Vupt vai passar para as mãos da iniciativa privada sem nenhuma garantia de que o serviço será ampliado ou melhorado, mas Marconi separa R$ 106 milhões dos cofres do Estado para a negociação.

Um governo transparente, o que não é o caso, detalharia centavo por centavo do que seria feito com esse dinheiro. Marconi, porém, só encaminha o projeto para a Assembleia, certo de que ele será aprovado e não explica nada.

O absurdo, porém, não para por aí. Quem vencer a licitação terá um contrato com o governo de R$ 4,1 bilhões e que vai durar 20 anos, mas terá longos 36 meses para atender as contrapartidas. Ou seja, até lá, a população goiana vai sofrer com um atendimento ruim e um serviço sem qualidade. 

Mande pra gente, via Whatsapp, denúncias, textos, vídeos e fotos sobre a realidade do Estado de Goiás. Whatsapp do Goiás Real: (62) 8453 6115. Vamos preservar sua identidade, se for do seu interesse.

Outras notícias

+ veja mais notícias