Goiânia, tera, 12 de dezembro de 2017
03/12/17 1246 visualizações

Má gestão: déficit fiscal de Goiás já soma R$ 1,8 bilhão neste ano





O crescente aumento do déficit fiscal do Estado é mais uma prova de que o governador Marconi Perillo (PSDB) não tem capacidade nenhuma para gerir o governo. Baseado em uma estimativa errada de arrecadação, o tucano saiu gastando todo o dinheiro dos cofres públicos de uma vez, e o resultado é que a diferença entre as despesas e receitas do Estado neste ano já estão em R$ 1,8 bilhão negativos.

A informação é da coluna Giro, do jornal O Popular, que mostra também que o total de despesas autorizado já está em quase R$ 2 bilhões. O problema não são os investimentos, que são totalmente necessários, mas sim a forma como eles são feitos.

Gastar menos do que ganha é uma lição básica de economia, mas Marconi parece nunca ter aprendido, mesmo estando no poder há quase 20 anos.

Outro problema também é que, apesar da dívida ter crescido e o Estado ter torrado todo o dinheiro da venda da Celg, as obras prometidas não foram entregues.

Só olhar na lista de prioridades do governo para 2018 e ver que as obras rodoviárias todas já eram para estar prontas, sem contar projetos que se arrastam há anos como o Aeroporto de Cargas, o Centro de Convenções e a Plataforma Multimodal de Anápolis, além do Hospital Regional de Uruaçu.

Mande pra gente, via Whatsapp, denúncias, textos, vídeos e fotos sobre a realidade do Estado de Goiás. Whatsapp do Goiás Real: (62) 8453 6115. Vamos preservar sua identidade, se for do seu interesse.

Outras notícias

+ veja mais notícias