Goiânia, tera, 12 de dezembro de 2017
04/12/17 880 visualizações

Nelto desafia Marise Fernandes, da Caixa: contrato ilegal



Foto: Divulgação

O jornal O Popular noticiou recentemente que o governador Marconi Perillo (PSDB) negociou com a Caixa Econômica Federal a gestão da folha salarial do Estado por mais 5 anos. Serão R$ 305 milhões a mais no caixa do Tesouro estadual até dezembro. Ou seja, com a media, o governo Marconi inviabiliza a gestão do próximo governador, seja ele qual for.

Líder do PMDB na Assembleia, o deputado José Nelto diz que é "antecipação de receita ilegal" e afirma que a que a superintendente da Caixa Econômica Federal em Goiás, Marise Fernandes de Araújo, pode acabar respondendo na Justiça pela decisão. "Como é que se negocia um contrato que Marconi não vai cumprir e, sim, o seu sucessor? Absurda essa medida, que pode acabar levando até mesmo Marise Fernandes a ter que responder pelo contrato ilegal na Justiça", denuncia Nelto.

Mande pra gente, via Whatsapp, denúncias, textos, vídeos e fotos sobre a realidade do Estado de Goiás. Whatsapp do Goiás Real: (62) 8453 6115. Vamos preservar sua identidade, se for do seu interesse.

Outras notícias

+ veja mais notícias