Goiânia, tera, 12 de dezembro de 2017
07/12/17 1114 visualizações

Após pesquisa Serpes ruim para Eliton, governo ataca Acieg





A pesquisa Serpes/Acieg, que mostrou o vice-governador José Eliton (PSDB) com irrisórios 6,2%, deixou o governo irritado a ponto de passar a atacar a Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Goiás. Em todo o Brasil, porém, entidades participam do processo eleitoral, como é o caso das confederações nacionais da Indústria (CNI) e dos Transportes (CNT).

Ambas as entidades encomendam sempre pesquisas para a presidência, por exemplo. No último mês de setembro, a CNA divulgou pesquisa feita pelo instituto MDA justamente para avaliar a intenção de voto para a presidência da República.

Em Goiás, o governador Marconi Perillo (PSDB) e sua base de aliados não gostaram do resultado da Serpes, que foi trágico para Éliton e bom para a oposição, que teve senador Ronaldo Caiado (DEM) em primeiro, com 44%, e o deputado federal Daniel Vilela (PMDB) em segundo, com 12,1%.

Como sempre, a tropa de choque, que inclui até deputados estaduais, ficou encarregada de atacar a Acieg para desmerecer o resultado, em vez aceitar a pesquisa e melhorar a qualidade da administração. Parlamentares como Chiquinho de Oliveira (PSDB) e Carlos Antônio (PSDB) questionaram a pesquisa, acusado a de ocorrer em momento inoportuno.

Para um governo fracassado como o de Eliton e Marconi, nunca será momento bom para fazer pesquisa, pois, apesar de estar há 20 no poder, o governador continua a prometer e não cumprir. 

Mande pra gente, via Whatsapp, denúncias, textos, vídeos e fotos sobre a realidade do Estado de Goiás. Whatsapp do Goiás Real: (62) 8453 6115. Vamos preservar sua identidade, se for do seu interesse.

Outras notícias

+ veja mais notícias