Goiânia, sbado, 21 de abril de 2018
04/01/18 2356 visualizações

Marconi diz que ficou 'abalado emocionalmente' com rebelião





Assustado com a repercussão do acirramente de uma crise do sistema prisional, que não é de agora, o governador Marconi Perillo (PSDB) disse, em entrevista à rádio CBN, que "todas as vezes que acontece esse tipo de tragédia, isso nos deixou extremamanete abalados emocionalmente, as autoridades se mexem", afirmou. 

Perillo defende que o assunto seja debatido o ano todo e que haja planejamento. Marconi também rebateu o governo federal por acusar a gestão estadual por "desleixo" por só ter usado 18% da verba federal repassada ao Estado. Marconi disse que na verdade já usou 70%, mas no Portal da Transparência do próprio governo consta 29%. 

Também à rádio CBN, O ministro da Defesa, Raul Jungmann, disse que os presídios são de responsabilidade do Estado. "Pelo que está estabelecido na Constituição, o governo federal não tem nenhuma responsabilidade pelo presídio de Aparecida de Goiânia. A unidade em questão é 100% responsabilidade do estado. O governo federal tem cinco unidades de segurança máxima, e está inaugurando a sexta agora em Brasília. São presídios onde se encontram os grandes chefes de facção", disse o ministro. 

Julgmann afirmou também que, nas unidades federais, não entram armas nem drogas, como ocorre nas cadeias administradas pelos estados. 

Mande pra gente, via Whatsapp, denúncias, textos, vídeos e fotos sobre a realidade do Estado de Goiás. Whatsapp do Goiás Real: (62) 8453 6115. Vamos preservar sua identidade, se for do seu interesse.

Outras notícias

+ veja mais notícias