Goiânia, sbado, 21 de julho de 2018
07/01/18 942 visualizações

Dona Iris: ausência do gestor deixa uma sensação de menosprezo





A primeira dama de Goiânia e ex-deputada fedral, Dona Iris (MDB), criticou a superlotação no sistema Prisional, em suas redes sociais, Dona Iris disse que a administração penitenciária terá de encontrar uma solução para 850 presos.

"A lotação da Colônia Agroindustrial é de 1,25 mil detentos. A verdade é que a ausência do gestor principal deixa uma sensação de menosprezo pelo Estado", destacou. 

Além de dezeans de fugas, a crise penitenciária em Goiás fez vítimas dentro e fora da penitenciária. Nove detentos foram mortos na rebelião, outro preso do regime semiaberto foi executado quando saía para trabalhar. Em Anápolis, um preso foi assassinado dentro de uma cela. E na terça-feira (2), dois agentes penitenciários foram executados.

 

Mande pra gente, via Whatsapp, denúncias, textos, vídeos e fotos sobre a realidade do Estado de Goiás. Whatsapp do Goiás Real: (62) 8453 6115. Vamos preservar sua identidade, se for do seu interesse.

Outras notícias

+ veja mais notícias