Goiânia, domingo, 19 de agosto de 2018
31/01/18 775 visualizações

Violência: onda de assaltos no Eixo faz mais uma vítima





Mesmo com o governador Marconi Perillo (PSDB) insistindo que os índices de criminalidade estão caindo no Estado, a população continua com a péssima sensação de estar refém da violência. Nesta semana, mais um cidadão foi vítima de um assalto em ônibus do Eixo Anhanguera, confirmando a falta de segurança nos terminais, consequência direta da falta de efetivo da Polícia Militar nesses locais.

Na última segunda-feira (29), um homem foi esfaqueado depois de embarcar no ônibus sentido Praça da Bíblia ao Novo Mundo após ter seu celular roubado. Outros passageiros também foram roubados, o que provocou pânico dentro do ônibus, mas, tragicamente, os próprios ladrões acalmaram os passageiros, confirmando que assalto no Eixo se tornou rotina. “Calma, gente, é apenas mais um assalto”, disse um dele, segundo foi relatado por um homem ao jornal O Hoje. 

Além de Marconi ter sua parcela de culpa por não aumentar o efetivo da PM, o que inibiria a ação dos bandidos, o governo insiste em afirmar que há redução desse time de crime. Segundo dados da Secretária de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), houve redução nos assaltos no Eixo, que caíram de 60 em janeiro de 2016 para 42 no mesmo período do ano passado.

Enquanto a SSAP se preocupa só com números, a população fica à mercê dos bandidos.  

Mande pra gente, via Whatsapp, denúncias, textos, vídeos e fotos sobre a realidade do Estado de Goiás. Whatsapp do Goiás Real: (62) 8453 6115. Vamos preservar sua identidade, se for do seu interesse.

Outras notícias

+ veja mais notícias