Goiânia, quarta, 21 de fevereiro de 2018
03/02/18 1219 visualizações

Absurdo: Saneago permitiu poluição ambiental de empresa





Além de ser usada para fins eleitoreiros, a Saneago, sob o comando do presidente Jalles Fontoura e do governador Marconi Perillo (PSDB), também é péssimo exemplo no combate à poluição ambiental. Segundo reportagem do jornal O Popular, a estatal e uma empresa que fabrica pinga foram denunciadas pelo MP-GO por vazamentos que prejudicaram o fornecimento de água em Nova Aurora, no Sul do Estado.

De acordo com o promotor de Justiça Lucas Arantes Braga, o vazamento de vinhoto (subproduto da cana-de-açúcar) gerou problemas no abastecimento da região, ocasionando danos ao comércio, aos moradores e ao Poder Público. Na condenação, o pedido é que os réus paguem mais de R$ 1 milhão, mas ele mesmo ressalta que o valor é irrisório, se comparado ao dano ambiental causado.

O episódio assusta pelo descaso da Saneago, já que o estabelecimento funcionava sem licença ambiental e que os tanques não funcionavam de acordo com regras de revestimento e impermeabilização do solo. Segundo análises feitas na época, ficou constatada poluição hídrica.

Mais uma vez, fica clara a irresponsabilidade de quem gere os órgãos estaduais, já que permitir o funcionamento de empresas que poluem o meio ambiente coloca em risco a população.

Além disso, não custa lembrar a recente crise hídrica vivida por Goiás, quando cidades do interior ficaram sem abastecimento por causa de falta de investimentos da Saneago. 

Mande pra gente, via Whatsapp, denúncias, textos, vídeos e fotos sobre a realidade do Estado de Goiás. Whatsapp do Goiás Real: (62) 8453 6115. Vamos preservar sua identidade, se for do seu interesse.

Outras notícias

+ veja mais notícias