Goiânia, domingo, 24 de junho de 2018
22/05/18 974 visualizações

Autor da morte de Laís admite 30 crimes e nenhuma internação





Uma prova de que a impunidade impera em Goiás é a facilidade de um adolescente de 13 anos confessar 30 crimes e estar livre, leve e solto pelas ruas da Capital. O menor que confessou ter matado a advogada Laís Fernanda Araújo Silva, de 30 anos, admitiu vários crimes. “Já cometi um tantinho bom. Acho que uns 30”, disse.

Contrariando a falácia de que a legislação que é problema, o infrator disse que já chegou a ser apreendido, mas nunca foi internado como medida sócioeducativa por esses delitos. Afirmou também que nunca passou mais que cinco dias na carceragem da Delegacia de Apuração de Atos Infracionais (Depai).

A advogada Laís Fernanda foi abordada na Rua Teresina, no Setor Alto da Glória, em Goiânia, por volta das 22h30. Ela foi atingida nas costas, chegou a ser socorrida, mas morreu ainda no local.

Mande pra gente, via Whatsapp, denúncias, textos, vídeos e fotos sobre a realidade do Estado de Goiás. Whatsapp do Goiás Real: (62) 8453 6115. Vamos preservar sua identidade, se for do seu interesse.

Outras notícias

+ veja mais notícias