Goiânia, domingo, 24 de junho de 2018
13/06/18 605 visualizações

Hugo segue em situação crítica e cirurgias não são realizadas



Reprodução / TV Anhanguera

A situação caótica do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) prossegue, castigando pacientes que aguardam por cirurgias ou que acompanham seus familiares.

A TV Anhanguera acompanhou na noite desta terça-feira, 12, a fila de pessoas que iriam se cadastrar para passar a noite com pessoas internadas.

De acordo com o mototaxista José Luiz Dias que aguardava o cadastro para pernoitar com a esposa, que espera cirurgia, faltou papel para imprimir as senhas. Com isso, o procedimento que dura em média 10 minutos levou quase 1 hora.

A esposa de Dias foi internada no dia 31 de maio para fazer uma cirurgia na perna. Mas já é junho e o procedimento ainda não saiu.

O Ministério Público de Goiás (MP/GO) aguarda informações da Secretária Estadual de Saúde (SES) de Goiás sobre a situação.

Em entrevista recente, o secretário de Saúde, Leonardo Vilela, afirmou que o hospital funcionava normalmente. 

Mande pra gente, via Whatsapp, denúncias, textos, vídeos e fotos sobre a realidade do Estado de Goiás. Whatsapp do Goiás Real: (62) 8453 6115. Vamos preservar sua identidade, se for do seu interesse.

Outras notícias

+ veja mais notícias