Goiânia, sexta, 20 de julho de 2018
24/06/18 255 visualizações

Mulheres não denunciam por inexistência de proteção policial





Em um cenário que mostra vítimas de feminicídios que nunca haviam registrado junto às polícias as agressões sofridas, um dos fatores apontados é a descrença das mulheres em registrar o boletim de ocorrências e não ter o problema resolvido. 

Para a professora Michele Franco, somada a este cenário de violência, a rede de proteção às mulheres em Goiás é praticamente inexistente. "Não existe uma rede de proteção até para que a mulher não se sinta como vítima, e não como cúmprice daquela violência", pontuou. 

A gestão estadual só conta com duas casas da acolhida, em Goiânia e Valparaíso, para cobrir 246 municípios. A gestão José Eliton prometeu mais uma casa em Trindade. 

As informações estão na reportagem especial do jornal O Popular deste domingo, 24, que relata o drama das vítimas de feminicídios em Goiás.  

Mande pra gente, via Whatsapp, denúncias, textos, vídeos e fotos sobre a realidade do Estado de Goiás. Whatsapp do Goiás Real: (62) 8453 6115. Vamos preservar sua identidade, se for do seu interesse.

Outras notícias

+ veja mais notícias